Surra de Lúpulo Ep.110 – Corridas Cervejeiras com Rodrigo Kimura

corridas cervejeiras

No episódio de hoje do seu podcast favorito sobre cervejas artesanais, vamos conversar com Rodrigo Kimura, líder da Beercrew e educador físico, sobre essa mistura inusitada que é corrida e cervejas! Ouça na íntegra:

 

 

Como funciona a interação entre a cerveja e o exercício físico?

 

Por mais que ainda seja uma mistura exótica no Brasil, corridas cervejeiras já acontecem na gringa desde 2014. Com a ajuda de Rodrigo Kimura, essa prática tem ganhado cada vez mais espaço no Brasil.

 

Em 06’45”: No Brasil, agora que começamos a ver cervejarias patrocinando as maratonas e dando esse incentivo. To nesse mercado a 8 anos e só vem crescendo. A gente vai abrindo a cabeça da galera. Eu trabalho com o corredor que não bebe e não conhece cerveja artesanal e tem o bebedor, que bebe e gosta de cerveja artesanal, mas que não faz exercício. Eu faço as duas pontes: vamos conhecer cerveja e você consegue correr, e pego o bebedor de cerveja e mostro que ele pode correr pra ter mais saúde.

 

Rodrigo ressalta que quando falamos de beber com saúde é beber com moderação.

 

Como funcionam as corridas cervejeiras?

 

corridas cervejeiras da beercrew
Foto: Divulgação @beercrewsp

 

Ao longo de todo ano, são 20 treinos (corridas cervejeiras) com acompanhamento de professores que ficam orientando os corredores de primeira viagem a correr de forma saudável, sem pressões para que ninguém vá além de limites que não possam ser quebrados. Tudo é feito de modo com que todo mundo possa se divertir e aproveitar a corrida. No fim da corrida, são dois copos de 350ml para cada corredor, incluído no valor do evento. Mas é válido lembrar: não é assessoria de corrida.

 

Em 11’04”: O clube começou em 2014 e 2015, com o Giba Tarantino importava Mikkeller e aí o Mikkeller na Dinamarca falou que vai ter um clube de corrida lá na gringa e o Giba falou para fazermos no Brasil também. E aí a gente começou a fazer o Mikkeller running club. Aí a importação acabou e eu fiquei, caramba, não vou deixar essa galera órfã… Só que em vez de apoiar cerveja gringa, vou apoiar cerveja nacional. […] Então a gente criou o Beercrew, colocamos o nome em inglês porque estamos conversando com os runners club do mundo inteiro – que são muitos. Tem nos EUA, em Portugal, na Europa tem bastante, na China tem dois… 

 

Como funciona a degustação da cerveja durante as corridas cervejeiras?

 

Em 23’00”: O legal de trabalhar com cerveja artesanal é que a gente tem contato com o cervejeiro e com o dono da cervejaria. Eu estava falando aqui que estava bebendo cerveja Dádiva e a Luísa (dona) sempre está nos treinos. Quando a gente vai apresentar o clube – e eu falo sobre a parte de segurança, eu peço pro dono da cervejaria falar sobre a cerveja. Isso que é legal, essa troca de experiência com os cervejeiros. 

 

A cerveja pode ser um isotônico para repor sais depois da corrida?

 

Foto: Divulgação @beercrewsp

 

Em 24’53”: É um isotônico sim, ele tem as propriedades e tem carboidrato, além do lúpulo que é antiinflamatório. Só que o pessoal fica ligado na caloria, e agora tem cervejas zero… Mas é o álcool que afeta a parte da hidratação, então dependendo do seu treino você não vai exagerar na cerveja (ou no drink). 

 

O Beercrew chama mais bebedores para correr ou mais corredores para beber?

 

Em 29’47”: Ah, chama 55% mais de corredores… Ainda sinto uma dificuldade de pegar o cervejeiro. Mas o corredor está mais antenado e muitos mudaram esse mindset de só querer porrada em treino. Você acaba não curtindo o treino e não curtindo a vida. E aí a gente prova que você pode fazer uma maratona e beber cerveja. 

 

Dicas pra iniciantes e pessoas que precisam sair do sedentarismo:

 

Foto: Divulgação @beercrewsp

 

Em 36’24”: A corrida é bem democrática. Você precisa de um tênis, uma bermuda e uma camiseta. Não precisa de um lugar especial – já é uma parte bem facilitadora. Além disso, não é pra você sair correndo 1km, 2km ou 3 km na velocidade máxima. Tenta no inicio correr 2 minutos, daí anda 2 minutos… Tenta não usar fone de ouvido pra você conseguir ouvir o seu organismo. Não se compare com os outros!

 

Amamos esse bate e papo e estamos curiosos para experimentar as corridas cervejeiras – nem que seja pra andar beeeeem devagar só pra conversar com a galera. Você participaria? De qualquer forma, não esqueça que sua saúde importa!

 

Até a próxima!

 


 

👉Ouça também Surra de Lúpulo: Conheça as Italian Grape Ales

👍 Gostou do nosso bate papo? Seja um apoiador do Surra de Lúpulo clicando aqui.

🍺 O que bebemos durante o programa? Kimura bebe Dádiva 3/4, Ludmyla bebe Baltic Base, da cervejaria Avós, e Leandro bebe Drupel, da Cervejaria Pakas.

👑 SURRA DE LÚPULO é apoiado por MECENAS EMPRESARIAIS, CERVEJA DA CASA, BRO’S BEER CERVEJARIA NARCOSE

 

Surra de Lúpulo

Surra de Lúpulo

Toda quinta-feira um episódio novinho em folha falando sobre tudo relacionado a cerveja no Brasil e o Mundo.