Podcast Surra de Lúpulo, ep. 37, Retrospectiva cervejeira de 2020, com Bia Amorim

O episódio 37 do Surra de Lúpulo, nosso podcast de cerveja artesanal, é uma retrospectiva cervejeira de 2020 feita em parceria com nossa querida e incrível convidada Bia Amorim, sommeliere de cervejas e comunicação da Startup Brewing. Em virtude dos muitos desafios trazidos pela pandemia da Covid-19, 2020 foi um ano movimentado para o mercado cervejeiro, de grandes polêmicas – o caso da cervejaria Backer e os diversos episódiosde discurso de ódio no meio cervejeiro -, mas também de grandes sucessos e inovações, como o lançamento da Heineken 0.0 e uma edição totalmente on-line da convenção Beer Summit. Pegue seu copo e mergulhe com a gente pelos altos e baixos desse ano maluco!

Janeiro

  • A cervejaria mineira Backer é acusada pela intoxicação gravíssima de 29 pessoas, incluindo 7 mortes, após consumo de seu rótulo Belorizontina. Em junho, o inquérito concluiu o indiciamento de 11 pessoas.
  • A Brewdog inaugura em Londres o primeiro brew pub alcohool free do mundo, com 15 torneiras e diversos rótulos de cerveja sem álcool (no episódio 36 do Surra de Lúpulo fizemos uma revisão completa do andamento dos rótulos zero álcool no Brasil e no mundo)

Fevereiro

  • A cervejaria Dogma abre a quarta franquia de taproom em São Paulo, no bairro do Itaim Bibi.
  • A Blondine lança projeto piloto de uma nano maltaria, a fim de fornecer insumo para diversas cervejarias. O equipamento piloto desenvolvido pelo mestre-cervejeiro Alan Kardec, tem capacidade para 800kg de malte (cereal germinado, em geral cevada) e surgiu após muitos meses de estudos e testes.

Março

  • O Festival Brasileiro da Cerveja de Blumenau fica marcado como último evento cervejeiro do ano, pouco antes do começo da pandemia da Covid-19 se instaurar no país.
  • A Brahma lança a plataforma HOP, um jogo para explicar ao usuário o processo de fabricação de cerveja, mostrando a tendência da gameficação também no mercado cervejeiro.

Abril

  • A  Lagunitas, do grupo Heineken, promove uma campanha para ajudar bares e restaurantes e também ongs de auxílio aos animais: a cada long neck ou litro de cerveja vendidos, 1kg de ração é doado.
  • A 11a edição do concurso/reality-show Mestre Cervejeiro, da Eisenbahn, é cancelada. O programa, apresentado por Juliano Mendes e Priscila Colares, estava previsto para falar sobre as Viena Lager. Em contrapartida, a cervejaria ofereceu várias lives e videoaulas pelo YouTube.
  • Em 30 de abril vai ao o primeiro episódio do posdcats Surra de Lúpulo! Nossos encontros são mais uma opção de entretenimento de audio, juntando-se a podcasts importantes para o mercado cervejeiro como o Beercast (convidados do nosso episódio 27), o Radiofobeer e o podcast de harmonização musical LaBière Hopcast.

Maio

  • Aumentam os movimentos de financiamento coletivo para salvar cervejarias no auge da crise da pandemia. Cervejarias como a Juan Caloto e a Implicantes têm bastante sucesso com suas campanhas.

Junho

  • Science of Beer lança seu primeiro curso on-line, com envio de kits de degustação para alunos. O Beer Expert, como foi batizado, formaria 600 alunos do Brasil e da América Latina até o final do ano.
  • Bia Amorim e Priscila Colares, duas das mais respeitadas sommelieres de cerveja do Brasil, ministram um evento online com duração de dois encontros, falando sobre todo o legado do escritor Michael Jackson para o universo cervejeiro. Conhecido como beer hunter, Jackson dedicou 30 anos de trabalho ao universo cervejeiro, escrevendo diversas obras que se tornaram referência mundial sobre o tema, entre eles o aclamado The World Gudie to Beer.

Julho

  • Lançada na Europa em 2017, a Heineken 0.0 chega ao Brasil com o objetivo de tornar a multinacional holandesa líder do ainda incipiente mercado doméstico das cervejas sem álcool, apostando nas tendências de consumo equilibrado das novas gerações.
  • A cervejaria Dogma retira de circulação todas as latas do rótulo Cafuza, que ostentava a imagem de uma mulher negra escravizada, após forte rejeição e denúncia nas redes sociais.

Agosto

  • A Eisenbahn homenageia os 110 anos de Adoniran Barbosa lançando no Spotify um disco com onze canções inéditas do consagrado compositor de “Trem das onze”.
  • A sommeliere Sara Araujo (nossa convidada do episodio 30) sofre ataques de cunho racista e misógino em um grupo de Whatsapp. O episódio causa enorme comoção no meio cervejeiro e a a Abracerva divulga nota oficial sobre os atos racistas, destacando a condenação de todos os tipos de discriminação.
  • A BrewDog lança a campanha F**k U CO2, prometendo o investimento total de 30 milhões de libras para o plantio de uma floresta a fim de retirar da atmosfera um volume de gás carbônico duas vezes maior do que o emitido por suas fábricas e redes de pubs em todo o mundo. A campanha causou grande repercussão no Reino Unido depois que a Advertising Standards Authority, órgão regulatório da publicidade no país, baniu outdoors em virtude do uso da palavra ‘fuck”.
  • O Ipacondríaca divulga o resultado da primeira pesquisa sobre o perfil de consumo cervejeiro no Brasil, na qual mais de mil pessoas de todos os estados do país foram consultadas.

Setembro

  • A Baden Baden, marca da cervejaria Heineken, expande seu portfólio com as cervejas em latas nos estilos Cristal, IPA e Witbier. Em versão de 350ml, o novo formato complementa o mix que já conta com a versão garrafa de 600 ml e draft. As embalagens também contam com um QR Code impresso no rótulo, que redireciona o consumidor para o site da marca e dá acesso a uma experiência de realidade virtual, por meio de vídeo, para realizar com a degustação.
  • Carlo Lapolli renuncia à presidência da Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva) após serem divulgadas mensagens de teor preconceituoso escritas por ele em grupos de WhatsApp.
  • A AMBEV celebra a 11ª primeira edição do Dia de Responsa, e evento anual do grupo cervejeiro pela conscientização sobre o consumo inteligente de bebidas alcoólicas. Metas concretas e publicas para incentivar o consumo inteligente. A meta é aumentar a participação da produtos não alcóolicos ou de baixo teor alcólico para 20% até 2025, além do investimento de no mínimo em 1 bilhão de reais em programas de conscientização sobre os riscos do uso indevido de álcool.
  • O evento Slow Brew Brasil é remarcado para dezembro de 2021.
  • Em parceria com a Schorschbrau, a Brewdog lança o rótulo de cerveja com maior teor alcoolico do mundo: a Strength in Numbers, com 57,86% de teor, uma graduação no patamar de bebidas como vodka e whisky.

Outubro

  • A Baden Baden promove o Baden Baden Beer Bath, um banho cervejeiro em Campos de Jordão. O banho cervejeiro é uma experiência na qual o convidado degusta o chope da Baden Baden Witbier em um banho de ofurô, que contém elementos que remetem à cerveja e suas sensações. No caso do Baden Baden Beer Bath, são esferas efervescentes elaboradas com lúpulo e com o aroma da casca de laranja. Ao final do banho, óleos essenciais com os mesmos aromas completam a experiência, que tem duração de 45 minutos.
  • Uma parceria entre a Heineken, o Instituto da Cerveja Brasil e a paulistana Graja Beer (Leandro Sequelle, fundador da marca, é convidado do nosso episódio 43) cria um projeto de educação cervejeira para as comunidades nas periferias do país com foco em capacitação profissional e inclusão no mercado de trabalho especializado. A primeira turma de 30 alunos no Grajaú, região metropolitana de São Paulo, (pausada em virtude da pandemia da Covid-19), contou com 30 alunos, dentre os quais 23 são mulheres, muitas delas negras. O projeto será retomado em 2021 e deve passar por mais de dez comunidades periféricas em todo o Brasil.
  • Em votação histórica e 100% on-line, a Abracerva elege com 72% dos votos a chapa Maturação, para mandato até outubro de 2022. Nadhine França, que assumira interinamente a presidência após a renúncia de Carlo Lapolli, é eleita oficialmente. Trinta dias após a posse, a chapa é convidada do nosso episódio 34.
  • A mineira Backer se envolve em nova polêmica e causa revolta nas redes sociais ao realizar uma festa para relançar a cerveja Capitão Senra, no Templo Cervejeiro, no Bairro Olhos D’Àgua, em Belo Horizonte. O restaurante, fechado desde o final de janeiro devido às acusações de utilização de dietilenoglicol na fabricação de cervejas, voltou a funcionar com uma festa só para convidados, com direito a um chef de cozinha renomado.
  • A Sunset Brew, cervejaria de Tijucas (SC), vende 80% de seu capital para duas empresas paulistas, a Turn Assessoria e Avoxx Tax, mas mantém os criadores da empresa na equipe de gestão da empresa.
  • Em Belo Horizonte, a AMBEV anuncia o fechamento do Ateliê Wäls ao público, mantendo o local apenas como fábrica.

Novembro

  • A catarinenze Cozalinda anuncia seu clube de assinatura de cervejas, previsto para 2021.
  • A Skol lança a Beats Zodiac, cervejas em latas de 269ml, divididas em 4 sabores que representam os elementos água, terra, fogo e ar, grupos dos 12 signos do zodíaco.
  • Lançamento da série de webinars Além do Copo, oferecendo palestras e mesas redondas com reflexões e práticas de mulheres que atuam em cervejarias e empreendimentos cervejeiros.

Dezembro

  • De 4 a 12 de dezembro é realizado o Beer Summit, maior congresso de conhecimento de cerveja da América Latina, 100% online e gratuito. O evento contou com palestras de nomes importantes no cenário internacional e foi dividido em quatro grandes temas de interesse: Negócios, Marketing e Empreendedorismo; Sommelieria, Estilos, Serviços e Harmonização; Matérias primas, processos e inovação e, por fim, Tecnologia e ciência cervejeira.
Surra de Lúpulo

Surra de Lúpulo

Toda quinta-feira um episódio novinho em folha falando sobre tudo relacionado a cerveja no Brasil e o Mundo.